Quanto é o salário de um psicólogo?

Quanto é o salário de um psicólogo?

 

Uma dúvida muito comum de estudantes e futuros estudantes de psicologia é quanto é o salário de um psicólogo. Os psicólogos podem trabalhar em diferentes áreas, como em RH de empresas, em escolas e em clínicas, entre outras. Podem também ser funcionários contratados, servidores públicos ou prestadores de serviços autônomos. Cada um desses sistemas oferece vantagens e desvantagens, conforme veremos abaixo, e é comum ver profissionais atuando em mais de uma área ou em mais de um regime de atuação.

Contratação (CLT)

Nesse regime, o psicólogo é contratado como funcionário de uma empresa ou instituição. O profissional geralmente tem uma carga horária definida a ser cumprida e recebe um salário fixo todo mês, bem como os benefícios assegurados por lei. Além disso, está submetido ao regimento interno da empresa.

Os valores salariais são referentes a função e a carga horária proposta por cada cargo, o que pode ser bastante variável de acordo com cada instituição. Cabe ao profissional aceitar tais propostas ou buscar alternativas de emprego. Escolas, hospitais, cargos organizacionais, faculdades particulares e algumas clínicas trabalham nesse regime.

Servidor Público

Outra opção do psicólogo é concorrer a cargos públicos. Tais cargos podem ser temporários ou efetivos e têm cargas horárias e salários variados, de acordo com os editais de cada concurso. Geralmente oferecem ainda mais estabilidade que os cargos do setor privado, além de também oferecerem salários fixos ao fim do mês e benefícios ao servidor.

Um psicólogo pode ter salários que variem desde 2000 reais até 10 mil reais em alguns concursos públicos. O salário de também pode variar de acordo com o nível de formação, de forma que psicólogos mais qualificados recebem bonificações de acordo com seus títulos (especialistas, mestres e doutores). Esses títulos, inclusive, costumam valer pontos para a classificação nos concursos. Cargos relacionados à saúde coletiva, psicologia hospitalar, assistência social, RH, professores de universidades públicas e alguns cargos clínicos são disponibilizados de tempos em tempos para psicólogos.

Autonomia

 

Psicólogos autônomos geralmente são consultores ou clínicos. Nesse regime, os profissionais podem ter carga horária flexível e determinar o valor de seu trabalho (geralmente cobrado por hora). Por outro lado, não contam com salários fixos e são responsáveis pela legalização de seus serviços, pelo pagamento de impostos e pela previdência, entre outros benefícios geralmente oferecidos por empresas a seus funcionários.

Apesar de ser uma opção que tende a ser mais difícil no começo da carreira, os salários de consultores e clínicos experientes podem ser mais altos que os de outros profissionais atuantes em outros regimes, além de a rotina poder ser mais leve. Como os psicólogos submetidos a esse regime geralmente cobram por hora, seu salário dependerá do valor que eles atribuem ao seu trabalho e da quantidade de clientes que atendem por semana ou por mês. Para ilustrar melhor, vejamos dois exemplos:

  • Profissional com 1 ano de formação, atende 10 pacientes por semana cobrando R$80,00 por sessão. Salário estimado: 80 x 10 x 4 = R$3.200,00.
  • Profissional com 10 anos de carreira, atende 20 pacientes por semana cobrando R$200,00 por sessão. Salário estimado: 200 x 20 x 4 = R$16.000,00.

Se esse profissional fizesse a carga horária de uma empresa (40h/semana), seu salário poderia chegar a R$32,000.00!

Nesse sistema, não podemos esquecer que os profissionais também são responsáveis pelas estratégias de captação de clientes e pelas contas do espaço em que trabalham, como aluguel, luz, condomínio…

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) disponibilizou em 2013 uma tabela de Referência Nacional de Honorários dos Psicólogos que ainda é utilizada como referência para os valores cobrados pela maioria das atividades que um psicólogo faz. Essa tabela é uma mera sugestão, estando o profissional ou a empresa livre para estipular seus próprios valores. Ainda assim, você pode conferir a tabela logo abaixo:

Tabela-Honorários-Psicólogos-2013-CFP-FENAPSI

Como em toda carreira, os salários variam de acordo com a qualificação do profissional e com a dedicação que ele tem com sua profissão. Ser um psicólogo bem sucedido não é fácil, mas qual carreira é?

Por Renan Sargiani e Jessye Cantini

2018-01-14T14:06:00+00:00

About the Author:

Doutor em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (USP), é Psicólogo (CRP/06 109086) e Bacharel em Psicologia (Universidade Cruzeiro do Sul) e Mestre em Psicologia da Educação (PUC-SP) e Atua principalmente nas áreas de Psicologia Escolar/Educacional, Psicologia Cognitiva, Neurociência Cognitiva e Psicologia do Desenvolvimento Humano. É fundador do Psicologia Explica e suas especialidades incluem: desenvolvimento cognitivo e da linguagem, alfabetização, desenvolvimento e educação infantil e avaliação de habilidades cognitivas.