Áreas de Atuação

Áreas de Atuação

A Psicologia é ao mesmo tempo uma ciência que nos permite aprender coisas fundamentais sobre o comportamento humano e animal e uma prática profissional que permite aplicar esses conhecimentos para resolver problemas e promover o desenvolvimento humano em toda a suas potencialidades.

Por ser uma ciência tão ampla a Psicologia mantém relações com muitas áreas do conhecimento e diferentes facetas da nossa vida como Saúde, Educação, Trabalho, Comunidades, Esporte, Trânsito, Justiça.

Assim, quando usamos os conhecimentos da Psicologia nessas áreas, nós criamos o que se chamam de áreas de atuação ou subcampos da Psicologia. Também é possível dizer que se tratam de Psicologia Aplicada a um outro campo.

A Psicologia Aplicada seria, portanto, o oposto de Psicologia Teórica ou Científica que estudaria a mente e o comportamento humano de forma mais geral enquanto a Psicologia Aplicada ou Prática utiliza esses conhecimentos para resolver e entender problemas específicos que envolvem outras áreas do conhecimento.

Essa relação entre ciência e profissão é uma das melhores peculiaridades da Psicologia, pois estimula o avanço contínuo de ambos aspectos. As teorias são testadas na prática e fornecem dados que permitem a confirmação, refutação de algumas teorias e a elaboração de novas teorias.

A seguir irei apresentar algumas das principais áreas de atuação dos psicólogos:

Além disso, muitos psicólogos ensinam psicologia em instituições acadêmicas, de escolas de ensino médio à pós-graduação em universidades.

Psicologia Clínica

shutterstock_32557231Psicólogos clínicos integram conhecimentos da ciência psicológica e conhecimentos clínicos com o objetivo de entender, prevenir e aliviar o sofrimento ou a disfunção de base psicológica (cognitivos, emocionais e comportamentais) e promover o bem-estar subjetivo e o desenvolvimento pessoal.

Embora a avaliação psicológica e a psicoterapia sejam centrais na prática dos psicólogos clínicos, eles também se envolvem em pesquisas, ensino, consultoria, depoimentos forenses, e desenvolvimento de programas de saúde e administração.

Psicólogos clínicos avaliam e tratam distúrbios mentais, emocionais e comportamentais. Estes distúrbios vão desde crises de curto prazo, como as dificuldades resultantes de conflitos de adolescentes, até condições crônicas mais graves, como esquizofrenia.

Alguns psicólogos clínicos tratam exclusivamente problemas específicos, tais como fobias ou depressão. Outros se concentram em populações específicas como por exemplo, os jovens; pessoas idosas, crianças; famílias ou casais; grupos étnicos minoritários; gay, lésbica, bissexuais e transgêneros.

Psicólogos clínicos também colaboram com médicos sobre problemas físicos que têm causas psicológicas subjacentes e participam de equipes multidisciplinares por exemplo em casos de câncer, obesidade e doenças autoimunes.

Os Psicólogos clínicos são formados e treinados dentro quadros teóricos que orientam suas práticas tais como: abordagens psicodinâmicas (psicanálise), humanista, cognitivo-comportamental (TCC), abordagem centrada na pessoa, análise do comportamento, ou Gestalt-terapia.

Psicologia Cognitiva

 

neuroscience2Os psicólogos cognitivos estudam processos envolvidos na aquisição do conhecimento, o que chamamos de processos cognitivos, tais como: a percepção, memória, pensamento, linguagem, memória e resolução de problemas.

Os psicólogos cognitivos estão interessados em questões, por exemplo, entender a forma como a mente representa a realidade, como as pessoas aprendem, e como as pessoas adquirem, compreendem e produzem a linguagem oral e a escrita. Os psicólogos cognitivos também estudam a atenção, memória, o raciocínio, criatividade, julgamento e a tomada de decisões.

Frequentemente os psicólogos cognitivos colaboram com neurocientistas para compreender as bases biológicas da cognição ou com pesquisadores em outras áreas da psicologia para entender melhor os vieses cognitivos na pensamento de pessoas com depressão, por exemplo.

Por esta razão, embora a Psicologia Cognitiva seja uma área de atuação é também a base para muitas outras áreas e seus conhecimentos são utilizados e em muitas áreas de atuação da Psicologia como: psicologia educacional, psicologia social, psicologia da personalidade, psicologia anormal, psicologia do desenvolvimento e economia.

Psicologia Comunitária

Psicólogos comunitários trabalham para fortalecer as capacidades das comunidades, instituições, organizações e sistemas sociais mais amplos para atender às necessidades individuais e coletivas.

Em vez de ajudar as pessoas a lidar com o circunstâncias negativas (por exemplo, trauma, pobreza), os psicólogos comunitários ajudar a capacitar as pessoas a mudar estas condições, evitar problemas, e desenvolver comunidades mais fortes.

Exemplos de intervenções em psicologia comunitária incluem o apoio às vítimas do furacão, em parceria com a bairros, contribuir para a prevenção de crimes e prevenção de bullying e ajudar a mudar as comunidades a identificarem suas próprias necessidades e buscarem por mudanças em políticas públicas.

Aconselhamento Psicológico

Psicólogos que realizam aconselhamento ajudam as pessoas a reconhecer seus pontos fortes e recursos para lidar com os problemas cotidianos e adversidade grave. Eles fazem aconselhamento/psicoterapia, ensino e investigação científica com indivíduos de todas as idades, famílias e organizações (por exemplo, escolas, hospitais, empresas).

Avaliação Psicológica

A avaliação psicológica é um processo técnico e científico realizado com pessoas ou grupos de pessoas que envolve a integração de informações provenientes de diversas fontes, dentre elas, testes, entrevistas, observações e análise de documentos. A testagem psicológica, portanto, pode ser considerada uma etapa da avaliação psicológica, que implica a utilização de teste(s) psicológico(s) de diferentes tipos.

Os psicólogos trabalham com a avaliação psicológica como uma fonte dinâmica de informações de caráter explicativo sobre os fenômenos psicológicos, com a finalidade de subsidiar os trabalhos nos diferentes campos de atuação do psicólogo, dentre eles, saúde, educação, trabalho e outros setores em que ela se fizer necessária. Trata-se de um estudo que requer um planejamento prévio e cuidadoso de acordo com a demanda e os fins aos quais a avalição se destina.

 

Psicologia do Desenvolvimento

psico_desenOs psicólogos do desenvolvimento estudam as mudanças cognitivas, comportamentais e emocionais que ocorrem durante a vida.

Durante muito tempo o foco primário de Psicólogos Desenvolvimentais eram as crianças e adolescentes, porque essas fases constituem um período crucial no desenvolvimento e porque estes períodos são repletos de mudanças muito claras e rápidas.

Mais recentemente os Psicólogos do Desenvolvimento concentram seus estudos no Ciclo Vital, incluindo não apenas as crianças e adolescentes, mas sim o acompanhamento do desenvolvimento dos seres humanos desde a gestação, passando pela infância e adolescência até adultos, idosos e a morte.

Os Psicólogos Desenvolvimentais estão se tornando cada vez mais interessados em envelhecimento, especialmente em pesquisar e desenvolver maneiras de ajudar as pessoas mais velhas a continuarem o mais independente possível e com a maior qualidade de vida possível.

Psicólogos do Desenvolvimento examinam as mudanças através de uma ampla gama de tópicos, incluindo: habilidades motoras, desenvolvimento cognitivo, funções executivas, compreensão moral, a aquisição da linguagem, a mudança social, a personalidade, o desenvolvimento emocional, auto-conceito e formação da identidade.

Psicologia Educacional

Psicólogos educacionais estudam cientificamente a aprendizagem humana nos mais diferentes contextos, seja em escolas, comunidades ou famílias.

O campo da psicologia educacional envolve o estudo da memória, a formação de conceitos, e as diferenças individuais (por meio da Psicologia Cognitiva e da Psicologia do Desenvolvimento) em conceituar novas estratégias para os processos de aprendizagem em humanos.

A Psicologia educacional foi construída sobre as bases de teorias do condicionamento operante, funcionalismo, estruturalismo, construtivismo, psicologia humanista, a psicologia da Gestalt, e a teoria de processamento de informação.

Os Psicólogos Educacionais podem realizar o estudo dos processos de aprendizagem, a partir de perspectivas tanto cognitivas como comportamentais, que permitem aos pesquisadores entender as diferenças individuais na inteligência, no desenvolvimento da cognição, afeto, motivação, auto-regulação e autoconceito, bem como o seu papel na aprendizagem.

O campo da psicologia da educação depende fortemente de métodos quantitativos, incluindo testes e medição, para melhorar as atividades educativas relacionadas ao design de métodos de ensino, gestão de sala de aula e avaliação, que servem para facilitar processos de aprendizagem em vários contextos educativos em toda a vida.

O campo da Psicologia educacional contribui com uma vasta gama de especialidades dentro dos estudos educacionais, incluindo design instrucional, tecnologia educacional, desenvolvimento do currículo, a aprendizagem organizacional, educação especial e de gestão de sala de aula.

Escola e educação estão intimamente relacionados, mas não são sinônimos; o mesmo vale para a psicologia escolar e para a psicologia educacional. A Psicologia educacional é um campo mais amplo do que a Psicologia Escolar, e uma pessoa que opta por um programa de psicologia educacional pode ou não pretende exercer a profissão de psicólogo escolar.

Psicologia Escolar

Schoolchildren and their teacher in a primary classPsicólogos escolares geralmente oferecem serviços aos estudantes através de escolas e podem inclusive ser membros de equipes escolares. Psicólogos escolares prestam diversos serviços que podem incluir a administração de testes de inteligência e de outras habilidades envolvidas na aprendizagem como memória e atenção, bem como intervenções de aconselhamento e planejamento.

Psicólogos escolares estão envolvidos em diversos serviços psicológicos para crianças, adolescentes e famílias em escolas e outras configurações aplicadas. Eles avaliar e aconselhar os estudantes, consultar com os pais e funcionários da escola, e realizar intervenções comportamentais, quando apropriado.

Psicólogos escolares oferecem suporte à capacidade de aprender dos alunos e aos professores dos alunos contribuem para à capacidade de ensinar. Eles aplicam conhecimentos de saúde mental, aprendizagem e comportamento, para ajudar as crianças e jovens a serem bem sucedidos academicamente, socialmente, comportamentalmente, e emocionalmente. Psicólogos escolares fazem parcerias com as famílias, os professores, administradores escolares e outros profissionais para criar ambientes seguros, saudáveis e de apoio de aprendizagem que fortaleçam as ligações entre a família, a escola e a comunidade.

Leia mais sobre o que faz um psicólogo na escola.

Psicologia Industrial, Organizacional e do Trabalho

Atuam em atividades relacionadas a analise e desenvolvimento organizacional, visando à qualidade no processo produtivo e saúde do trabalhador;

Psicologia de Trânsito

Atuam no âmbito da circulação humana, realizando avaliações psicológicas, estudos e ações socioeducativas em todos os segmentos sociais que o trânsito está inserido;

Psicologia Jurídica

Atuam no âmbito da justiça colaborando no planejamento e execução de políticas de cidadania, direitos humanos, avaliação psicológica, prevenção e combate da violência;

Psicologia do Esporte

Psicólogos do esporte ajudam os atletas a refinar o seu foco em metas de competição, tornar-se mais motivados, e aprender a lidar com a ansiedade e o medo do fracasso que muitas vezes acompanham a competição.

Eles atuam junto ao esporte competitivo e de alto rendimento, a fim de aperfeiçoar aspectos psicológicos e desempenho relacionado à saúde global do atleta;

Psicometria e Psicologia Matemática

Psicólogos que usam métodos quantitativos e a psicometria para a concepção de experimentos e análise de dados psicológicos. Alguns desenvolvem novos métodos para a realização de análises; outros criam estratégias de investigação

para avaliar o efeito dos programas sociais e educacionais e de tratamento psicológico. Eles desenvolvem e avaliar modelos matemáticos para os testes psicológicos. Eles também propõem métodos para avaliar a validade e precisão de testes psicólogicos.

 

Psicologia Hospitalar

Atua em instituições de saúde participando na prestação de serviços de nível secundário ou terciário da atenção a saúde;

Psicopedagogia

Atua na investigação e intervenção nos processos de aprendizagem de habilidades e conteúdos acadêmicos;

Psicomotricidade

Psicólogos nessa área atuam nas áreas de Educação, Reeducação e Terapia Psicomotora, utilizando se de recursos para o desenvolvimento, prevenção e reabilitação do ser humano;

Psicologia Social

Os psicólogos sociais estudam como a vida mental e o comportamento de uma pessoa são moldadas por interações com outras pessoas. Eles estão interessados em todos os aspectos da relações interpessoais, incluindo ambas as influências individuais e de grupo, e buscam maneiras de melhorar tais interações. Por exemplo, suas pesquisas ajudam-nos a compreender como as pessoas formam as atitudes para com os outros e, quando estes são nocivo, como no caso de preconceitos fornecendo insights sobre maneiras de mudar eles.

Os psicólogos sociais são encontrados em uma variedade de configurações, desde em instituições acadêmicas(onde ensinam e realizam pesquisas), até em agências de publicidade (Onde estudam atitudes e preferências dos consumidores), e em empresas e agências do governo (onde ajudam com uma variedade de problemas em organização e gestão).

 

Neuropsicologia

Neuropsicólogos exploram as relações entre o cérebro e os comportamentos. Eles podem estudar, por exemplo, como o cérebro cria e armazena memórias, ou como doenças e lesões do cérebro afetam a emoção, a percepção, e comportamentos. Eles projetam tarefas e testes para estudar as funções normais do cérebro com imagens técnicas como a tomografia por emissão de pósitrons (PET) e a ressonância magnética funcional (fMRI).

Neuropsicólogos clínicos também avaliam e tratam as pessoas e estão trabalhando com equipes de saúde para ajudar na recuperação de pessoas sobreviventes de lesões traumáticas no cérebro para que possam retomar a vida produtiva.

Psicologia Ambiental

Psicólogos ambientais estudam a dinâmica das interações entre pessoas e o meio ambiente. Eles definem o termo meio ambiente de forma muito ampla, incluindo tudo os que é natural no planeta, bem como ambientes construídos, configurações sociais, culturais, grupos e ambientes informacionais. Eles examinam o comportamento evoluindo em várias escalas e de diversos processos (por exemplo, localização, globalização).

Psicólogos ambientais exploram questões como a gestão de recursos e o efeito do estresse ambiental na saúde humana. Eles também promovem comportamentos conscientização e de preservação ambiental.

Psicologia Evolucionista

Psicólogos evolucionistas estudam como princípios evolutivos, tais como mutação, seleção e adaptação influenciam em nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos. Psicólogos evolucionistas estão particularmente interessados em como os comportamentos ontogenéticos reproduzem e foram selecionados filogeneticamente e o impacto desses comportamentos em nosso contexto atual. Por exemplo, alguns comportamentos que eram altamente adaptativos no nosso passado evolutivo podem não ser mais adaptativos no mundo moderno.

Psicologia Experimental

Psicólogos Experimentais estão interessados em uma ampla gama de fenômenos psicológicos, incluindo processos cognitivos, psicologia comparativa (comparações de diferentes especíes) e aprendizagem e condicionamento. Eles estudam tanto animais humanos e não-humanos com relação a suas capacidades para detectar o que está acontecendo em um ambiente particular e para adquirir e manter as respostas para o que está acontecendo.

Os psicólogos experimentais trabalham com o método empírico (coleta dados) e a manipulação das variáveis dentro do laboratório como uma forma de compreender certos fenômenos e produzir o avanço do conhecimento científico. Além de trabalhar em ambientes acadêmicos, psicólogos experimentais trabalhar em lugares tão diversos como de fabricas, jardins zoológicos, e empresas de engenharia.

2018-01-14T14:06:04+00:00

About the Author:

Doutor em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (USP), é Psicólogo (CRP/06 109086) e Bacharel em Psicologia (Universidade Cruzeiro do Sul) e Mestre em Psicologia da Educação (PUC-SP) e Atua principalmente nas áreas de Psicologia Escolar/Educacional, Psicologia Cognitiva, Neurociência Cognitiva e Psicologia do Desenvolvimento Humano. É fundador do Psicologia Explica e suas especialidades incluem: desenvolvimento cognitivo e da linguagem, alfabetização, desenvolvimento e educação infantil e avaliação de habilidades cognitivas.