Vídeo – Documentário: Vencendo o Pânico

0
1528

Quem nunca ouviu falar em Transtorno do Pânico (TP)?

Este problema, cada vez mais comum em nossa sociedade, chega a incapacitar pessoas. Os portadores desse transtorno experimentam ataques de pânico recorrentes e, com isso, desenvolvem muito medo de ter novos ataques. Muitas vezes, chegam ao ponto de perder oportunidades promissoras, deixar de sair de casa e perder amigos por conta disso.

Um ataque de pânico geralmente tem a duração de 10 a 15 minutos, e pode ser inesperado ou situacionalmente desencadeado – ou seja, quando a pessoa se expõe a algo que ela teme. Nessas crises, a pessoa experimenta uma gama de sintomas físicos da ansiedade, como taquicardia, sensação de falta de ar, tonturas, sudorese, mãos e pés gelados, náuseas, boca seca e dor de cabeça, entre outros. Além disso, esses sintomas são acompanhados por medo intenso, gerado por pensamentos como por exemplo “Vou morrer”, “Vou ter um ataque cardíaco”, “Vou perder o controle” e “Vou enlouquecer”. Em suma, é uma experiência extremamente apavorante e desagradável.

Por conta disso, boa parte das pessoas com TP desenvolvem uma comorbidade com outro transtorno conhecido, a Agorafobia. Nesse quadro, as pessoas evitam se expor a situações que elas acreditam que a fuga ou o socorro seja muito difícil ou impossível. Dessa forma, comportamentos comuns começam a ser evitados, de forma que o indivíduo pode restringir significativamente suas atividades.

Hoje o Psicologia Explica traz um vídeo-documentário que explica na íntegra tudo sobre esses problemas, bem como o tratamento mais indicado para esses casos. Nada que escrevamos aqui poderá substituir o conteúdo deste vídeo. Esperamos que aproveitem!

Vencendo o Pânico – Bernard Rangé e Angélica Borba

Dúvidas, Críticas ou Sugestões? Escreva um comentário, queremos saber sua opinião!

comentários

COMPARTILHAR
Jessye Cantini
Psicóloga (CRP 05/40442) pela UFRJ, Terapeuta Cognitivo-Comportamental, Mestre em Saúde Mental pelo Instituto de Psiquiatria da UFRJ (IPUB/UFRJ). Atua como psicóloga clínica em consultório particular. Membro da Associação de Terapeutas Cognitivos do Rio de Janeiro e da Federação Brasileira de Terapias Cognitivas. Seus principais temas de estudo são os transtornos de ansiedade e de humor (com ênfase em transtornos fóbicos), além de seus respectivos tratamentos.